Suspeito de cometer homicídio em Paranaguá é morto em Santa Catarina

Gostou deste conteúdo? compartilhe...

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Na tarde do dia 5 de dezembro, policiais atuantes na 3ª Delegacia de Polícia de Joinville foram acionados para atender uma solicitação de achado de cadáver no bairro Parque Industrial Paranaguamirim.

O corpo não estava em estado avançado de decomposição o que indica que foi deixado no local há pouco tempo antes de ser encontrado.

Entrando no local em uma área de mata cerca de 50 metros para dentro, os policiais localizaram uma cova rasa onde estava um homem com as mãos amarradas para frente.

Como o cadáver estava coberto de lama, não foi possível identificar em um primeiro momento, se ele foi vítima de agressões. Bombeiros voluntários foram acionados para auxiliar na retirada do corpo do local, pois a remoção foi bastante trabalhosa.

Corpo é Identificado:

Com a realização dos exames através da criminalística, foi constatada a identificação do corpo. Trata-se de Fagner Martins Grassmann conhecido como “escuro”, acusado por ter cometido delitos no litoral do Paraná e inclusive ter sido o mandante do crime em que dois indivíduos atiraram contra quatro pessoas que estavam no trapiche do Beira Rio em Paranaguá, no dia 29 de novembro. Entre as vítimas, um garoto de 14 anos que acabou morrendo e o menino Kauan que luta para recuperar os movimentos das pernas e braços.

A identificação foi possível devido a marcas características no corpo e tatuagens. Segundo o Delegado Nilson Diniz, os autores do crime já foram identificados, Fagner é um velho conhecido da polícia e tinha envolvimento com o tráfico de drogas.

Familiares de Fagner, de 27 anos, lamentaram o ocorrido nas redes sociais.

PARCEIROS