Corte de luz de consumidores de baixa renda volta a ser permitido

Gostou deste conteúdo? compartilhe...

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O corte de energia de consumidores de baixa renda voltou a ser permitido desde o dia 1º de outubro.

A decisão da Agência Nacional de Energia Elétrica ( Aneel) de suspender o corte de luz por inadimplência para os beneficiários da tarifa social em virtude da pandemia, começou no mês de abril de 2020 e deveria acabar em 30 de junho deste ano, mas acabou prorrogada até o dia 30 de setembro.

A tarifa social é um benefício que fornece descontos na conta de luz para famílias de baixa renda. O consumidor recebe um abatimento mensal na conta de luz que depende da tabela de consumo.

As famílias de baixa renda ainda podem negociar a conta de luz em, no mínimo,  três parcelas. Já o corte do abastecimento de energia elétrica só pode ser realizado mediante notificação enviada com antecedência mínima de 15 dias.

PARCEIROS