Mulher é violentada sexualmente em área de restinga do balneário Caiobá, em Matinhos

Gostou deste conteúdo? compartilhe...

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

No início da tarde desta terça-feira (24), a Polícia Militar foi acionada para atender uma situação de crime contra a dignidade sexual, ocorrida no Balneário Caiobá, em Matinhos.

De acordo com o relato, às 12h15min, uma equipe de Rádio Patrulhamento Auto (RPA) recebeu informações, via COPOM (Central de Operações Policiais Militares), de que na UPA (Unidade de Ponto Atendimento) de Matinhos havia dado entrada uma mulher vítima de estupro.

Ato contínuo, os militares estaduais seguiram até o pronto socorro e conversaram com a vítima. Aos policiais, ela relatou que viajou a Matinhos a fim de resolver problemas familiares, de herança. Na cidade, a mulher de 47 anos de idade utilizou os serviços públicos do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), local no qual conheceu um homem que, muito gentilmente, lhe ofereceu auxilio para se locomover pela região.

De acordo com a vítima, em uma dessas saídas, o indivíduo a levou até o Balneário Caiobá. Na orla da praia, o homem, que foi identificado como sendo Jéferson Gonçalves Ribeiro (38), com a desculpa de cortar folhas de palmeiras para a confecção de produtos artesanais, a atraiu para dentro da restinga, fumou uma pedra de crack e, empunhando uma faca, mediante grave ameaça, manteve relação sexual não consentida com a denunciante. Posteriormente, a mulher conseguiu fugir e buscar socorro junto à unidade de pronto atendimento da cidade.

O autor do estupro não foi localizado. A sua identidade foi fornecida à polícia por funcionários do CREAS. Após ser atendida na UPA, a vítima foi encaminhada para o Hospital Regional de Paranaguá (HRL), onde recebeu o atendimento médico adequado ao caso. Agora caberá à Polícia Civil instaurar uma investigação a fim de localizar o agressor e colocá-lo à disposição da Justiça.

PARCEIROS