Operação Narco Brasil começa a ser realizada nesta segunda-feira (21) no Litoral do Paraná

Gostou deste conteúdo? compartilhe...

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Quem passou pelo Aeroparque na tarde desta segunda-feira (21), notou a presença de policiais, viaturas e até helicóptero. A movimentação faz parte da Operação Narco Brasil realizada pelo 9º Batalhão em parceria com o Ministério da Justiça, o objetivo é cumprir mandados de prisão referentes ao tráfico de drogas e acabar com as chamadas “bocas de fumo”, locais usados para o uso e venda de drogas.

Tenente- Coronel Renato destacou a importância da operação

O Tenente – Coronel Renato comandante do 9º Batalhão falou com a imprensa sobre a operação. “A Operação Narco Brasil acontece em conjunto com o Ministério da Justiça, o nosso principal alvo é o tráfico de entorpecentes na cidade de Paranaguá, mas a operação não vai acontecer somente na cidade, vai acontecer em todo o Litoral do Paraná”, explica ele.

O Tenente ainda pontua. “Essa operação tem como foco também as famosas “bocas de fumo”, não temos ainda a duração da operação, não tem data de limite por enquanto.  Ela inicia nesta segunda-feira (21) e não temos prazo para o término”.

Entre as ações que serão executadas durante a operação: Bloqueios de todas as vias de Paranaguá e dos outros municípios do Litoral do Paraná, além da busca e apreensão em locais alvos de investigação.

Para garantir o sucesso da Operação Narco Brasil não será usado somente o efetivo do 9º Batalhão. “Não somente o efetivo do 9º Batalhão será usado, temos também o do Batalhão de Operações Especiais e o BPMOA com helicóptero. Então, essas unidades especializadas ficarão à disposição aqui no Litoral do Paraná para ajudar na operação”, destaca o Tenente.

Helicóptero do BPMOA será usado na operação

O objetivo da iniciativa é dar uma resposta para a sociedade com relação aos constantes casos relacionados ao tráfico de drogas registrados na região.

“A nossa proposta é dar uma resposta para a região, vemos muitas notícias com relação a tráfico de entorpecentes e hoje a polícia está realizando esta ação para dar uma resposta a nossa sociedade. A comunidade em geral tem que participar, as informações referentes ao tráfico de drogas e as chamadas “ bocas de fumo” chegam até a polícia através da nossa população, então quem deseja fazer denúncias, pode ligar no 190 ou 181 e terá o nome preservado”, finaliza o Tenente – Coronel Renato.

PARCEIROS