Operação Verão: Bombeiros já começaram a chegar no Litoral

Gostou deste conteúdo? compartilhe...

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

No dia 17 de dezembro de 2021, inicia no Litoral do Paraná, mais uma edição da Operação Verão.

A operação tem o objetivo de turbinar o efetivo de profissionais para garantir a segurança das milhares de pessoas que irão passar pelas praias da região durante os dias mais quentes do ano. Os trabalhos se estendem até o carnaval.

Os bombeiros que irão atuar por aqui vieram de várias regiões do Estado do Paraná e começaram a chegar no Litoral entre os dias 13 e 14 de dezembro.

O trabalho do efetivo que sempre foi importante deverá ganhar ainda mais relevância neste verão, pois o número de afogamento registrados nos últimos tempos tem sido bastante expressivo.

Quem conversa com o portal E+ Notícias sobre esse assunto é a Tenente Ana Paula do Corpo de Bombeiros, confira!

O lançamento da Operação Verão é no dia 17 de dezembro, já se tem ideia do efetivo que vai atuar no Litoral?

Teremos a prevenção acontecendo com mais de 90 postos de Guarda-Vidas ativos em nosso litoral, desde Morretes até a Ilha do Mel, passando por Pontal do Paraná, Matinhos e Guaratuba. O número exato ainda será detalhado.

Quando chegou o efetivo e até quando fica?

Chegou entre os dias 13 e 14 de dezembro o efetivo de reforço vindo de várias cidades do Estado, e a partir de 17 de dezembro se inicia a operação oficialmente. O efetivo permanece no litoral até o carnaval e após, isso, teremos também alguns postos ativos até o feriado da Páscoa.

Agora falando em afogamentos, algo que infelizmente, tem sido registrado com frequência no litoral do Paraná. Qual dica para não se tornar mais uma vítima?

As principais orientações para se evitar um afogamento são sempre:  1) nadar sempre em faixa protegida por guarda-vidas. Caso ocorra qualquer situação no mar, e o banhista esteja na faixa protegida, os Guarda-Vidas podem atuar rapidamente; 2) não ingerir bebida alcoólica antes de entrar no mar; 3) crianças sempre com supervisão próxima, tanto no mar quanto na areia.

No caso de presenciar um afogamento, o que deve ser feito?

Caso a pessoa não tenha plenas capacidades para realizar um salvamento, a melhor forma de ajudar é buscar socorro especializado. Tentar manter a pessoa que está se afogando sob sua vista para ajudar a informar o local exato quando as equipes de socorro chegarem e acionar imediatamente o Corpo de Bombeiros pelo telefone 193 ou no Posto de Guarda-Vidas mais próximo.

Falando em crianças, os cuidados precisam ser redobrados, não é mesmo?

Com certeza. As crianças nunca devem estar sozinhas, seja no mar ou na água. Também não devem entrar no mar no colo de adultos, pois caso aconteça qualquer coisa com essa pessoa que está carregando a criança e ela se solte do colo, pode acontecer um afogamento.

Importante reforçar que a segurança nas nossas praias é uma responsabilidade compartilhada por todos nós. O Corpo de Bombeiros oferece o serviço de prevenção e é extremamente importante que as pessoas procurem esse serviço, permanecendo sempre em faixa protegida.

 

PARCEIROS