Registrado na China primeiro caso do mundo de novo vírus encontrado em humanos

Gostou deste conteúdo? compartilhe...

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Uma notícia divulgada nesta terça-feira (01), tem gerado muita preocupação no mundo todo. Segundo autoridades sanitárias chinesas, foi detectado o primeiro caso da história, de gripe aviária H10N3 em humanos.

A Comissão Nacional de Saúde, emitiu uma nota sobre o assunto, na qual assegura que nunca houve contágio humano deste vírus, que a transmissão foi acidental e que o risco de propagação em larga escala é muito baixo.

“Nenhum caso humano de H10N3 foi relatado no mundo (até então), e o vírus entre as aves é de baixa patogenicidade. Este caso é uma transmissão ocasional de aves para humanos, e o risco de disseminação em grande escala é extremamente baixo”, afirmou o comunicado.

O paciente infectado é um homem da província oriental de Jiangsu, ele tem 41 anos e começou sentir febre e outros sintomas no dia 23 de abril, foi hospitalizado cinco dias depois porque os sintomas foram se agravando.

A comissão também afirmou no comunicado, que o homem melhorou e já recebeu alta hospitalar, também foram realizados exames detalhados nas pessoas com as quais ele teve contato e nenhuma anormalidade foi encontrada.

O H10N3 é um subtipo do vírus Influenza A, conhecido como vírus da gripe aviária e que segundo especialistas pode se espalhar por meio de gotículas respiratórias (forma de contágio semelhante ao do Sars-CoV-2, coronavírus responsável pela covid-19).

O homem, teria sido infectado por meio de gotículas, por isso, a comissão orientou aos cidadãos que não mantenham contato direto com aves mortas e nem abordem as aves vivas. Também é necessário que haja maior cuidado com a higiene alimentar. Outra orientação, é que um médico seja consultado imediatamente em caso de sintomas como febre ou problemas respiratórios.

 

PARCEIROS